Magnésio nas plantas: qual a importância desse nutriente?

1 jun, 2023
Déborah Fernandes
- Tempo de Leitura: 4 minutos
Magnésio nas plantas. Fertilizantes de magnésio em tom avermelhado

O magnésio nas plantas é um nutriente essencial para o desenvolvimento, pois participa de diversas funções como a fotossíntese e a ativação enzimática. Além disso, os solos brasileiros apresentam baixas concentrações desse nutriente, o que pode comprometer a produtividade da lavoura e seu desenvolvimento.

Por isso, é necessário que os agricultores adotem práticas de manejo do solo que visem a manutenção dos níveis adequados deste elemento, garantindo uma agricultura sustentável e produtiva.

Nesse sentido, este texto busca explorar a importância do magnésio para as plantas e como você pode melhorar os níveis desse nutriente no seu solo. Acompanhe!

Qual a função do magnésio nas plantas?

O magnésio é um macronutriente secundário utilizado pelas plantas, sendo crucial para a formação da clorofila, a substância responsável pela absorção de luz e transferência de energia na fotossíntese.

Sem o magnésio, as plantas teriam dificuldade para produzir seu próprio alimento e crescer adequadamente. Mas, não é só isso! Este elemento também é primordial para o sistema radicular das plantas, auxiliando na formação de raízes que ajudam no aumento da produtividade.

Além disso, ele ajuda no acúmulo de açúcar em frutos e outros tecidos de reserva, o que significa mais doçura e qualidade nos alimentos produzidos na fruticultura, por exemplo. Sendo assim, a função do magnésio nas plantas é fundamental, uma vez que ele é responsável por diversas funções importantes para a sobrevivência e saúde da lavoura.

Qual a importância do magnésio?

Como dito anteriormente, ele é um nutriente essencial na fotossíntese, sendo que sua presença nos cloroplastos ajuda na formação de ATP, uma “moeda” de energia usada pelas plantas.

O magnésio é um nutriente móvel, podendo ser transportado de folhas mais velhas para tecidos novos e pontos de crescimento.

Para entender melhor a importância deste elemento, veja nos tópicos a seguir como este nutriente contribui no crescimento forte e saudável e como é importante evitar a falta de magnésio nas plantas.

Processo de fotossíntese

O magnésio é um nutriente vital e sua função mais conhecida é como átomo central na molécula de clorofila, obrigatória para a realização do processo de fotossíntese. Deste modo, a deficiência de magnésio nas plantas pode levar à clorose internerval, sendo o amarelecimento das folhas mais velhas.

No entanto, este elemento também é importante em outros processos fisiológicos da fotossíntese, como na ativação de numerosas enzimas, incluindo a ribulose -1,5-bifosfato (RuBP), carboxilase, que é a enzima-chave neste processo e a mais numerosa no planeta.

Diversas pesquisas científicas apontam que uma diminuição mínima nos níveis de magnésio nas folhas pode ter um impacto considerável na taxa de fotossíntese. Desta forma, é importante que as plantas recebam quantidades adequadas de magnésio para realizar uma fotossíntese eficiente e, assim, manter sua saúde e produtividade.

Desenvolvimento das plantas

O magnésio é crucial para a elongação radicular das plantas, ou seja, para o crescimento das raízes. Isso porque este elemento contribui para a incorporação de carbono nos tecidos vegetais, fornecendo energia para o processo de desenvolvimento radicular.

Além disso, esse nutriente ajuda no acúmulo de açúcar em órgãos de reserva das plantas, como os frutos e colmos. O magnésio tem um papel crucial no transporte de sacarose dos tecidos fotossintéticos para outros tecidos da planta, fornecendo energia para o processo de desenvolvimento.

Nutrição das plantas

O magnésio é indispensável para a nutrição das plantas, pois atua na ativação de enzimas quinases e na transferência de fosfato, favorecendo a absorção do íon ortofosfato. Além disso, ele é vital para a assimilação de nitrogênio pelas plantas.

Essa interação positiva entre nutrientes é fundamental para o desenvolvimento saudável das plantas. E, consequentemente, para a qualidade dos alimentos produzidos. Estima-se que cerca de 75% do magnésio foliar esteja envolvido na síntese proteica, uma função que pode ter um grande impacto na cadeia produtiva de grãos.

Para completar, o magnésio é um dos sete elementos minerais que, segundo pesquisadores, são frequentemente deficientes na dieta humana. Por isso, a biofortificação de culturas com este elemento pode ajudar a combater deficiências nutricionais em todo o mundo.

Como melhorar os níveis de magnésio?

As terras cultiváveis brasileiras sofrem com a deficiência de magnésio, segundo os dados da Embrapa. Com isso, os agricultores precisam ter um cuidado especial com a adubação. Isso quer dizer que é essencial incluir fontes deste nutriente em seu plano de adubação para garantir um desenvolvimento saudável das plantas.

Em geral, as plantas necessitam entre 1,5 a 3,5g de magnésio por kg de massa seca para crescerem saudáveis. Por conta disso, não basta apenas adicionar o elemento ao solo, é necessário realizar uma correção fina e ajustada à realidade da plantação. Assim, você evita comprometer a absorção do nutriente pela presença excessiva de outros elementos.

Vale destacar que o magnésio pode ser facilmente perdido no solo através da lixiviação e erosão. Nesse sentido, é necessário adotar práticas que visem a manutenção da cobertura vegetal da terra e cuidem da saúde do solo.

Dessa forma, você melhora a disponibilidade de magnésio para as plantas. Com a aplicação dessas boas práticas, é possível potencializar o suporte do magnésio às plantas e consequentemente garantir que todas as suas funções, como a ativação de enzimas e a formação da clorofila, sejam bem desempenhadas.

Nutra sua plantação

Como você viu aqui, o magnésio é um nutriente fundamental para o desenvolvimento saudável das plantas. Por isso, é importante adotar práticas de manejo adequadas para garantir a disponibilidade desse elemento no solo.

Inclusive, algumas plantas têm maior demanda deste elemento do que outras. Por exemplo, a couve, o espinafre, a alface e o tomate possuem uma necessidade maior de magnésio do que plantas como a batata.

Logo, é importante conhecer as necessidades específicas das plantas cultivadas e, assim, ajustar a adição de nutrientes. Para te ajudar com isso, conheça o K-Mag, e forneça o equilíbrio nutricional que sua plantação precisa!

Este artigo foi útil? Avalie

Média: 5 / 5. Número de votos: 11

Nenhuma avaliação até o momento! Seja o primeiro a avaliar este post.

Loading...