O solo e sua importância vital para o futuro

22 dez, 2023
Déborah Fernandes
- Tempo de Leitura: 3 minutos

O solo, muitas vezes negligenciado em sua importância, é o alicerce essencial para a vida vegetal, animal e, por consequência, para a nossa própria existência. Este assunto, inclusive, foi o tema central do 27º episódio do podcast Nutrição de Safras, feito em parceria com o canal Terra Viva. Neste episódio exploramos a necessidade de práticas sustentáveis e a compreensão da saúde do solo para garantir um presente e um futuro saudável para as próximas gerações. 

O episódio foi liderado pela jornalista Lilian Munhoz, do Terra Viva, que conversou com Flávio Bonini, gerente de serviços agronômicos da Mosaic Fertilizantes, e Iêda Mendes, pesquisadora da Embrapa Cerrados. 

Confira os principais pontos e insights deste bate-papo, que abordou questões como práticas agronômicas, degradação do solo, além dos pilares que sustentam esse bem tão precioso para a humanidade. 

A realidade dos solos

Estima-se que mais de 33% dos solos globais estão degradados, uma triste realidade que compromete a capacidade produtiva e aumenta a vulnerabilidade à degradação. 

Iêda Mendes destacou a urgência de abordar questões relacionadas à saúde do solo em âmbito global, visto que a produção agrícola está intrinsecamente ligada à saúde do solo, já que plantas saudáveis dependem de um solo fértil para seu pleno desenvolvimento. 

Além de ser um tema vital para a agricultura, a saúde do solo desempenha um papel importante na conservação ambiental, contribuindo para o armazenamento de água, mitigação das emissões de gases de efeito estufa e sequestro de carbono. Sendo assim, solos degradados podem comprometer não apenas a produtividade nos campos, mas também resultar na diminuição da biodiversidade e na contaminação dos recursos hídricos. 

Flávio Bonini reforçou a relevância da manutenção da saúde do solo para garantir a sustentabilidade da produção agrícola e a preservação dos ecossistemas naturais em nível global. 

Os três pilares do solo

A saúde do solo é multifacetada, composta pelos pilares químico, físico e biológico. A textura, estrutura, densidade e permeabilidade compõem o pilar físico; o pH, nutrientes e matéria orgânica compõem o químico; enquanto a microbiota do solo é a essência do pilar biológico. O equilíbrio entre esses pilares é fundamental para a produtividade e sustentabilidade do solo.

Um solo saudável possui boa estrutura, pH equilibrado, presença de matéria orgânica e uma microbiota diversificada. Esses elementos são essenciais para o desenvolvimento saudável das plantas e a preservação da biodiversidade.

Saúde do solo: a evolução do conceito

O entendimento sobre a saúde do solo tem evoluído muito, abrangendo todos os serviços ecossistêmicos que o solo proporciona. Este novo paradigma destaca a importância de cuidar deste bem não apenas como um meio de produção, mas como o ponto de partida para a saúde de plantas, animais e, por fim, do ser humano. 

Da mesma forma que nós, seres humanos, realizamos exames médicos regulares, o solo também precisa de avaliações constantes, a fim de detectar irregularidades e situações que, muitas vezes, não são visíveis. 

A importância da bioanálise de solo

Nesse contexto entra a bioanálise de solo, representando um marco significativo em sua gestão sustentável. Essa tecnologia, desenvolvida em colaboração com a Embrapa, permite uma avaliação abrangente da saúde do solo, analisando seus aspectos mais importantes (químicos, físicos e biológicos). O mapa resultante oferece aos agricultores um panorama geoespacial da condição dos solos, proporcionando dados que apoiam as tomadas de decisões dos produtores rurais. 

Desafios globais

Com a população mundial projetada para atingir 10 bilhões até 2050, a importância da saúde do solo se torna ainda mais evidente. A necessidade de alimentar uma população em crescimento destaca a urgência de preservar e melhorar a qualidade das nossas terras em escala global.

Num cenário prestes a expandir, rotação de culturas e plantio direto são práticas agronômicas que ajudam a potencializar a produtividade e contribuem significativamente com a saúde do solo. Além disso, o uso de fertilizantes inovadores representa uma solução essencial, uma vez que nutre as plantas e promove a saúde do solo simultaneamente.

Conclusão

O episódio do podcast Nutrição de Safras, em parceria com a Terra Viva, elucida a saúde do solo como um fator determinante para um futuro sustentável. Reconhecer o solo como um recurso vital, adotar boas práticas e abraçar a inovação são passos fundamentais para assegurar que o solo continue sendo a base que sustenta a vida em nosso planeta. Ao cuidarmos do solo, estamos investindo no bem-estar das gerações presentes e futuras.

Conheça o Performa Bio, da Mosaic Fertilizantes, e veja como melhorar a saúde do solo e potencializar a produtividade no campo:

 

Este artigo foi útil? Avalie

Média: 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhuma avaliação até o momento! Seja o primeiro a avaliar este post.

Loading...